Archive for curiosidades

O QUE O RABINHO DO SEU CÃO ESTÁ DIZENDO?

curiosidades

Você já deve ter reparado o quanto o seu cão abana o rabinho não é? Já parou pra

pensar o que ele está querendo te dizer? Um rabinho abanando nem sempre é sinal de
felicidade, portanto fi que atento aos sinais que o seu cão está dando e evite até uma
possível briga dele com outro animal.

01 – CONTENTE: Rabinho baixo, abanando de forma rápida e curta.

02 – FAZENDO NOVOS AMIGOS: Rabinho baixo, abanando devagar com extensão longa e curta.

03 – COM MEDO: Rabinho entre as pernas.

04 – ATENTO: Rabo alto, reto e duro.

05 – ATENÇÃO NEGATIVA: Rabo alto, reto, duro e com pelos eriçados.

06 – FELIZ: Rabo alto, abanando de forma rápida e extensa.

 

Fonte: htt p://www.bolsademulher.com/pet/aprenda-a-decifrar-o-que-o-rabo-do-seu-caozinho-esta-lhe-contando

PARA CADA IDADE UM BRINQUEDO DIFERENTE

mundo pet

Podemos classificar os brinquedos para os cães em dois tipos: os de roer e os de perseguir e transportar. Enquanto filhotes, os brinquedos de roer devem ser ossos comestíveis ou brinquedos de borracha natural. O brinquedo deve apresentar um material macio, porém resistente, para que possa ser roído sem que se fragmente em pedaços que possam provocar obstruções intestinais. Os brinquedos de perseguir e transportar devem ser leves, pois os dentes do filhote ainda são frágeis. Devem também apresentar textura macia para não machucarem as gengivas. Para estimular a perseguição, o ideal será optar por uma bola, que deve ser leve e de dimensão adequada ao tamanho da boca para que o cachorrinho possa transportá-la sem dificuldade. Para os cães jovens, a partir dos 8 meses de idade, que já estão com os dentes definitivos, o ideal é introduzir brinquedos mais resistentes e de maior durabilidade. A mordida do cachorro começa agora a manifestar-se com mais intensidade, o que poderá danificar brinquedos menos resistentes. A bola continua a ser uma ótima opção, porém, nesta fase o material deverá ser mais denso, duro e resistente. Já os cães adultos, com a mordida completamente desenvolvida, o brinquedo deve ser de maior dimensão adequado ao tamanho da boca e de material muito resistente. Uma opção é a bola de borracha natural maciça, ideal para estimular o instinto de perseguição, pois atinge uma velocidade considerável pelo que é ideal para o dono que pretende cansar o seu cão com várias corridas de perseguição. Os frisbees de borracha maleável também são uma ótima opção, pois atingem velocidades consideráveis e são excelentes para o seu cão se exercitar através das corridas de perseguição. O frisbee é somente usado para a perseguição e transporte, não sendo adequado para o “jogo do puxa”. Existem ainda outros brinquedos indicados para roer, normalmente na idade adulta do seu cão utiliza-se os ossos de couro comestível que tendem a durar horas ou até dias.

Fonte: htt p://wp.clicrbs.com.br/comportamentoanimal

MICROCHIP PARA PETS

POUCO MAIOR QUE UM GRÃO DE ARROZ, GARANTE MAIS SEGURANÇA PARA SEU ANIMAL!

A identificação animal é uma preocupação antiga nos Estados Unidos e Europa, por isso fazem uso do microchip para poder indentifi cá-los, uma vez que nestes países o abandono é crime e levado a sério. Em São Paulo, o microchip é obrigatório para cães e gatos que irão viajar, participar de exposições e ainda para animais comercializados nascidos no município.

chip

COMO FUNCIONA

Quando um animal se perde ou até mesmo é roubado, pode ser identificado facilmente por meio de seu microchip. Para isso, usa-se um scanner portátil que rapidamente reconhece o
número de identifi cação do animal e consequentemente os dados de contato dos seus tutores (telefone e endereço). O microchip é aplicado no animal através de uma seringa própria para isso e o procedimento se assemelha a uma injeção normal, sem necessidade de sedação
ou anestesia. A partir do 10º dia de vida do seu pet, você já pode fazer a aplicação do microchip, porém a indicação é que seja feita junto com a vacina Múltipla, que ocorre por volta dos 3 meses de idade.

A durabilidade e eficiência do microchip superam as expectativas de vida dos animais em geral, sendo necessária apenas uma aplicação. Embora o uso do microchip seja mais
comum em gatos e cachorros, é possível fazer a aplicação em ratos, coelhos, morcegos, peixes, aves, cavalos, bois e até serpentes. Ao adotar ou comprar um animal, informe-
se se ele já possui um microchip e, caso ele já possua, procure a companhia responsável pelos registros para fazer a alteração dos seus dados de contato, do contrário ficarão registradas as antigas informações. É necessário reconhecer a importância do uso do microchip em pets, principalmente para evitar mais animais abandonados em abrigos ou nas ruas. Grandes centros de Zoonoses já possuem a leitora para identificação dos animais
que aparecem perdidos nos abrigos a fim de diminuir esse número, devolvendo os animais identificados para seus tutores. Infelizmente, como o uso do microchip não é obrigatório, são raras as vezes em que recebem um animal identificado, aumentando o número de pets
abandonados em abrigos e de famílias que buscam desesperadamente por um animal perdido, portanto não perca mais tempo, identifique o seu animal.

Quem já não ficou fã de um cão dos desenhos animados?

A lista de cãezinhos é imensa, mas nesta edição vamos falar um pouquinho desses famosos divertidos. Você se lembra deles? Quem já não ficou fã de um deles?

pluto

PLUTO
Esse atrapalhado Bloodhound é o animal de estimação do Mickey, criado na década de 30. Seu nome, inspirado no planeta, na época recém descoberto, só foi escolhido algum tempo depois da sua criação. Antes, o Pluto era um cão de caça, e se chamava Rover.

 

scooby_doo_by_gunstsings-d3b8o8d

SCCOBY DOO
O cão que dá nome à grande animação de Hanna-Barbera é um comilão nato. Ele e seu
melhor amigo, o Salsicha, são os únicos medrosos que fazem parte da equipe que caça fantasmas, mesmo que seja contraditório. Seu nome completo é Scooberty Cornelius Doo. Também possui um bordão que repete sempre no fi nal de cada episódio ‘Scoobydooby-
doo’.

 

586snoopy1SNOOPY

Snoopy é da raça Beagle e aparece nas histórias em quadrinhos de “Peanuts”,
criado por Charles Schulz. Aspirante a escritor, Snoopy gosta de deitar no
telhado de sua casa. Seus melhores amigos são seu dono, Charlie Brown,
e um pássaro amarelo chamado “Woodstock”.

 

muttley_ok

MUTTLEY
Esse tirador de sarro pode despertar uma imediata antipatia.
Sua risada e seu vício anormal por medalhas fazem dele um animal peculiar. Mas é impossível não rir dele. Mutley é um vira lata e não fala, apenas emite alguns ruídos
característicos. Quando está furioso, Muttley solta grunhidos para mostrar sua reprovação.

 

coragem

CORAGEM
O cão do rabugento Eustácio (ou Eustáquio, em algumas traduções) à primeira vista
parece ser um medroso. Mas com certeza, é o morador mais inteligente da fazenda localizada no desértico “Lugar Nenhum”, no Kansas. Coragem está sempre alerta aos perigos que
rodeiam o rancho.